Prmio Brasil Olmpico 2013

 

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) homenageou nos dias 11 e 17 de dezembro os melhores atletas, técnicos e dirigentes de 2013, na 15ª edição do Prêmio Brasil Olímpico. No dia 11 foi a vez do Prêmio Paralímpico, realizado no Rio de Janeiro, e o goiano Andrey Muniz conquistou o título de melhor atleta de Tiro com Arco de 2013. Na semana seguinte, no dia 17, a comemoração foi em São Paulo e a arqueira Sarah Nikitin recebeu o prêmio de melhor atleta de 2013, na sua modalidade.
            O que começou como um hobby em 2008 virou profissão e agora Andrey está ranqueado entre os oito melhores do mundo. O arqueiro já atirou na Tailândia, Holanda, República Checa, Índia, Inglaterra, Itália e México isso sem citar as tantas cidades brasileiras que competiu.
             Sarah iniciou na modalidade em 2003 sem grandes pretensões, mas já tem uma história de sucesso. Em 2011 se tornou a primeira brasileira a romper a barreira dos 1.300 pontos, quebrando o recorde nacional, que era de 1305. A arqueira conseguiu um feito inédito para o Brasil este ano, pela primeira vez na prova recurvo, uma atleta ficou entre os oito melhores do mundo.
            Além do sucesso do Tiro com Arco, o Brasil, até o momento, conquistou 26 medalhas em campeonatos mundiais ou competições, uma mudança radical nos rumos do esporte brasileiro. A razão desses resultados se deve pela experiência que vem se acumulando e do trabalho em conjunto do COB e do Ministério do Esporte na conquista de medalhas para o Brasil.

 

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support